Diário de Bordo: Madrid

Depois da Irlanda, Paris e Londres, enfim, vamos falar de um lugar quente, com sangue latino: Madri. Fiquei na capital espanhola por apenas três dias e me arrependo de não ter ficado mais, porque a cidade me conquistou pela arquitetura, comidinhas e bebidas. É a capital de maior altitude na Europa. Foi fundada pelos árabes como uma fortaleza, assim permanecendo até que Afonso VI a ocupou, em 1083. Felipe II fez dela a capital da corte em 1561. Desde então a cidade floresceu, tornando-se vibrante, dinâmica, moderna sem deixar de preservar seu patrimônio histórico e cultural.

Sua arquitetura é notável, com prédios e monumentos imponentes espalhados por toda a cidade. São imperdíveis; a Ópera, a Plaza Mayor, o Palácio Real, e o Museu do Prado.

Apesar do transporte público da capital espanhola ter uma excelente cobertura, prepare-se para andar bastante. Um bom ponto de partida é a Puerta Del Sol, no centro de Madrid, lá é de fácil acesso para os principais pontos turísticos da cidade, é também onde está Oso y el Madroño (Urso e Medronheiro), um dos símbolos da cidade. Para os fãs de arte, não pode deixar de vistar: Museu Prado (perde somente para o Louvre em Paris, como museu com mais obras de arte) e Museu de Arte Contemporânea (Centro del Arte Reina Sofia).

O Palácio Real e a Plaza Mayor (considerada a mais bela praça de tosa a Espanha). O parque Del Retiro era exclusivo da realeza, depois passou a permitir o acesso de cidadãos ao parque, desde que cumprissem a condição de irem limpos e bem-vestidos. Em 1868, com a chegada da Primeira República, o parque deixou de ser recinto real para ser propriedade do município de Madrid, de livre acesso, sem restrições. É super florido e tem uma vista de tirar o fôlego.

Madrid é um bom centro de compras da Europa e rivaliza com Barcelona como um dos melhores da Espanha. Ainda que se esteja na Europa, não está entre os países mais caros. Roupas e calçados e artigos de couro são o recomendável. Roupas de inverno, que no Brasil são raros e caros, são uma boa oportunidade. O lugar mais elegante de Madri para compras e passeios é a Calle Serrano.

Para os adeptos da vida noturna, Madrid guarda muita coisa boa, pra começar as coisas só começam a ferver depois da meia noite, então imagina o agito!!! No cardápios as famosas e deliciosas tapas, sem falar na Paella, com frutos do mar. Só de lembrar já fico com água na boca…

Anúncios

Sobre delunadelua

Maria de Luna, 31 anos, jornalista, apaixonada por muitas coisas da vida. Se descobrindo a cada dia como mulher e mãe. Esse aqui é um cantinho especial para trocar experiência e outras coisinhas mais.
Esse post foi publicado em Diário de Bordo e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Diário de Bordo: Madrid

  1. AMO diários de viagens!! Não conheço a Espanha, mas amei ler seu relato, quero irrr!
    😉
    Beijos!

  2. Tati Canto disse:

    Muito delícia a Espanha! Fui a Barcelona tem uns 2 meses!
    Bjs, Tati
    http://loveshoesblog.wordpress.com
    @loveshoesblog

  3. Carina disse:

    Adorei o post!! Viajar é bom demaaais!!

    Beijoss

    http://sweetlittletips.com/

  4. Nathy disse:

    Super quero conhecer Madrid. Alô, dinheiro, cadê você??? To precisando de uma viagem internacional…

    Beijocas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s