Diário de Bordo: Paris

Se as meninas gostaram do post da Irlanda, imagino que vão adorar o de Paris. Engraçado que não tinha a menor vontade de conhecer a cidade, mas de todos os lugares que visitei esse foi, disparado, o que mais gostei. É um lugar mágico, iluminado, de uma beleza inexplicável e muitos outros adjetivos.

Uma das primeiras coisas que me chamou atenção foi a arquitetura. Diferente do que vemos em grandes cidades como São Paulo, por exemplo, os prédios são enormes, mas não para o alto e sim para os lados. Tudo muito megalomaníaco, tudo com proporções gigantescas… o Louvre é uma prova disso. Nem que você fique 24 horas por dia, durante uma semana, será capaz de visitar todo o museu. Por isso a dica mais valiosa para Paris é: mesmo você estando na cidade que inventou o salto alto, use sapatos confortáveis para turismo.

Os principais pontos da cidade, Arco do Triunfo, Torre Eiffel, Catedral de Notre Dame, entre outros, oferecem a chance de se ver a cidade do alto. Em pelo menos um é válido pagar um pouco a mais e aproveitar a oportunidade da vista diferenciada, mas não precisa ir em todos, se não se torna repetitivo. Optei pela Notre Dame (as margens do rio Sena, o rio dos namorados) e seus mais de 400 degraus (minha perna tremia no final, rsrs), porque queria ver de perto as Gárgulas , a torre e o sino onde se escondia o lendário Corcunda de Notre Dame. Também não pude deixar de subir no maior símbolo de Paris, a Torre Eiffel.

Outro ponto da cidade que fiquei absolutamente encantada foi Montmartre, um dos bairros mais boêmios e altos da cidade. Nos sábados têm a feirinha com pinturas, postais e artesanatos. Quem assistiu o filme “O Fabuloso Destino de Amelie Poulain”, vai identificar alguns lugares do bairro, como o Café des Deux Moulins e o o antigo carrossel na Place St. Pierre. E lá também que está a lindíssima catedral de Sacré Coeur, e em contrapartida o famoso cabaré Moulin Rouge.

E como falar de Paris, sem falar de moda e beleza? A famosa Champs Elyséess, a avenida mais charmosa e fashion do mundo, com lojas de encher os olhos e esvaziar os bolsos. Ou a Galeria Lafayette, que abriga em seus sete andares as grifes mais poderosas do planeta, como como a Prada, Miu Miu, Gucci, Chanel e, claro, a Louis Vuitton. A minha sorte é que em 2007, quando estive na cidade, não era obcecada por maquiagem como sou hoje, se não tinha ido a falência. Certeza absoluta!!!

Anúncios

Sobre delunadelua

Maria de Luna, 31 anos, jornalista, apaixonada por muitas coisas da vida. Se descobrindo a cada dia como mulher e mãe. Esse aqui é um cantinho especial para trocar experiência e outras coisinhas mais.
Esse post foi publicado em Diário de Bordo e marcado . Guardar link permanente.

8 respostas para Diário de Bordo: Paris

  1. GirlieDotCom disse:

    Eu quero muito conhecer Paris. Não só pelas compras, mas pela história também! Sempre me imagino na Champs Elyséess, hahaha!

    Beijo

    Japa

  2. Camille disse:

    Acho que esse foi o melhor post de todos…
    Sou doida para ir para Paris, toda a França e torço que daqui alguns anos vou morar lah…
    Ou pelo menos ficar uns anos para o Luca aprender a língua e tenho certeza que você e o Doan vão nos visitar!! e assim comprar várias coisas…haha
    beijossss

  3. Catarina disse:

    Que LINDO! Está nos meus planos conhecer essa cidade!

  4. Aninha disse:

    Adorei o guia!
    Paris é tudo!!!
    Beijos
    http://umbrinconopalheiro.com/

  5. Amanda Barone disse:

    Adorei o post, Paris é um sonho…msm sem ter ido já à amo, quero muito ir!

  6. Pingback: Diário de Bordo: Londres | De Luna

  7. Nathy disse:

    Quero ver a Monalisa no louvre! =P

  8. Pingback: Diário de Bordo: Madrid | De Luna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s